Selos Tecnológicos da Lider

Quem conhece sabe: só uma marca lider de mercado pode ter os recursos necessários para oferecer os melhores produtos para o consumidor e, ao mesmo tempo, para o meio ambiente.
Pensando nisso, resolvemos listar os Selos Tecnológicos dos produtos da Lider para que todos possam conhecer melhor essas classificações.

Expander High Tech
Com uma tecnologia de liga de cálcio e chumbo, essa combinação auxilia no aumento da condutividade. E isso reflete diretamente na geração maior de energia, mas com um consumo menor.

Solutech Aditivo
Quando o assunto é rendimento elétrico, o selo Solutech Aditivo faz toda a diferença! Com ele, além da sua bateria ganhar um melhor desempenho, também ajuda a garantir uma durabilidade maior na sua vida útil.

Tecnomax Best Grid
O seu carro merece o melhor! E o selo Tecnomax Best Grid ajuda a oferecer isso para o seu veículo. Com uma tecnologia compactada para garantir um maior rendimento, esse selo ajuda a gerar a potência máxima de energia na partida do seu motor!

Ecorreta Logística Reversa
E temos o selo Ecorreta Logística Reversa. 
Com foco maior na sustentabilidade e responsabilidade socioambiental, o selo representa o compromisso da Lider com a preservação do meio ambiente e a reciclagem de baterias.

Qual a bateria certa para carros com tecnologia Start\Stop?

O avanço tecnológico na área automotiva traz inúmeras facilidades aos motoristas e uma das mais interessantes é a tecnologia Start/Stop. Com ela, o carro se desliga e liga automaticamente nas pequenas paradas de trânsito intenso e isso pode trazer uma economia de combustível que chega aos 20% em alguns modelos.

Este recurso é realmente muito bom, principalmente para quem trabalha o dia todo no trânsito (taxistas, motoristas de aplicativo e etc). Contudo, apesar dos benefícios é necessário estar atento a um item de extrema importância para os carros com essa tecnologia: a bateria!

Com a função Start/Stop acionada, o veículo fará mais ignições e por isso precisará de um tipo específico de bateria para atender a estas necessidades. Atualmente, existem dois tipos de bateria para carros deste tipo, as EFB e as AGM e nós vamos te explicar agora quais as propriedades de cada uma.

Baterias EFB

As baterias EFB, são ideais para veículos com o sistema convencional de Start/Stop. Este tipo é uma versão melhorada das baterias convencionais e consegue aceitar várias ignições ao longo dos trajetos sem que a vida útil do equipamento seja comprometida.

Baterias AGM

Este modelo é para carros de alta performance e tem uma eficiência muito maior se comparada às baterias simples e até mesmo com a EFB. Ele também tem uma durabilidade maior já que a tecnologia de desenvolvimento dele impede que o líquido de bateria derrame.

Qual escolher?

Como quase tudo no mundo automotivo, a escolha do componente ideal depende do modelo do carro. Por isso, consulte sempre o manual do veículo e claro: procure uma Lider mais próxima para um especialista auxiliar o seu caso.

3 dicas para evitar o desequilíbrio elétrico do veículo

Ao instalar um novo equipamento elétrico no seu veículo, seja um sistema de som ou de alarmes, é necessário se atentar a alguns cuidados especiais. Os novos equipamentos além de turbinar os veículos, como tipos diferentes de faróis, dispositivos para carregar celular ou conectar aparelhos de GPS, são muito comuns na lista de desejos de qualquer motorista.

Por serem equipamentos elétricos, que necessitam de energia do veículo, podem causar um desequilíbrio elétrico, principalmente quando não é feito um ajuste no veículo. Conheça três dicas importantes para cuidar melhor do seu veículo, da sua bateria e ter todos os componentes funcionando:

1 – Fugas de corrente elétrica

A fuga de corrente elétrica, com o veículo desligado, indica um problema para o bom uso da bateria automotiva. Isso acontece quando algum componente elétrico continua consumindo energia após o veículo ser desligado, o que desperdiça a carga da bateria e afeta até o processo de partida (clique aqui e entenda mais).

Um exemplo, muito comum, são o sistema de luz interno que não desliga, pode ser a luz do veículo ou até mesmo do sistema de som com uma frente destacável de aparelho que esteja mal conectada, que continua consumindo a energia do carro mesmo desligado.

2 – Visitar um técnico eletricista periodicamente (ou para instalar um novo componente)

Cada veículo é um veículo, e tem suas demandas de energia específicas e, por isso, a bateria segue o padrão de capacidade que foi determinada pela montadora. Ao adicionar um novo equipamento elétrico e eletrônico, que não veio de série, é possível que todo o sistema fique desequilibrado.

Por isso, visitar um técnico eletricista periodicamente e principalmente, no momento da instalação, é muito importante. Somente um técnico poderá fazer as mudanças necessárias e assim, evitar que tenha problemas no futuro.

Para evitar que isso aconteça é preciso consultar um técnico eletricista para fazer as mudanças necessárias e, entender quais são as necessidades reais do seu veículo e como o novo aparelho impactaria no consumo da bateria.

3 – Carro desligado, tudo tem que estar desligado!

Essa dica, também é conhecida como uma lei para manter a saúde do seu veículo (como essas outras aqui) e, é muito comum, que quando instalamos um sistema nova de som, DVD e ou kit multimídia, não nos atentarmos que o equipamento está ligado ou até mesmo instalado de maneira incorreta, permitindo o funcionamento mesmo com o carro desligado.

Isso gera uma demanda energética que cai diretamente sobre a carga acumulada na bateria do veículo, podendo haver uma falha na hora de ligar o carro.

Atente-se se a instalação está utilizando o circuito elétrico pós chave do veículo, desta forma, você garante que os equipamentos recebam energia somente quando a chave de ignição for acionada e com a permissão do condutor.

E aí, você já sabia de todas essas dicas?

GUIA DEFINITIVO: Tudo sobre a bateria automotiva

Entenda e descubra tudo sobre a bateria do seu veículo com quem entende do assunto.

Quando o assunto é a bateria automotiva, é muito comum as pessoas não entenderem a real importância dela e o porque ela é um item básico para o funcionamento, afinal, como ela funciona? Ou, como agir nas situações adversas que podem ocorrer por conta do mau uso? E foi pensando nisso, que fizemos o guia definitivo e simples da bateria automotiva, com todas as informações úteis sobre esse item para você não ficar mais na dúvida sobre o assunto. Vamos lá?

PARA QUE SERVE?

A bateria automotiva é nada mais que um acumulador de energia. Sua função é ter reserva disponível para ser entregue ao veículo sempre que ele precisar, ou seja, nos acionamentos do motor de partida (quando ligamos o carro) e para o funcionamento dos itens eletrônicos (som, luzes internas, faróis, ar e até travas)

Mas, agora pode estar se questionando: como que a energia não acaba? E a resposta é bem simples.

O sistema elétrico do veículo possui um alternador que recarrega a bateria quando o motor está ligado, dessa maneira, aquela energia sempre estará disponível, desde que você saiba como usá-la de modo correto. E é isso que vamos te ensinar.

COMO USAR?

Agora que você já entendeu a função e como ela se mantém, é bom conhecer os componentes que existem dentro da bateria instalada no veículo.

CAIXA: a carcaça que envolve todos os componentes, hoje é feita de polipropileno ou policarbonato, apresenta grande resistência a vazamentos, mantendo bem isolada toda estrutura responsável por acumular a energia. Antigamente, ela possuía uma tampa para que fosse feita a manutenção – quando tinha que colocar água desmineralizada (também conhecida como “água de bateria”) -, mas a grande maioria das baterias disponíveis no mercado são totalmente seladas, não demandando mais desse tipo de trabalho.

POLOS: os terminais que ligam a bateria ao sistema elétrico do veículo. Normalmente protegidas por tampas, os pólos são o caminho onde passa a energia que vai para o carro quando a bateria é acionada. Toda bateria tem um polo positivo (+) e outro negativo (-), que devem ser ligados corretamente para que a bateria funcione e para que a instalação esteja sempre correta, é só se atentar aos símbolos que ficam na base dos pólos. 

Caso não encontre esses símbolos, verifique se há cores:

VERMELHO: indica o polo positivo (+);

PRETO: indica o polo negativo (-).

A mesma identificação das cores, servem para os fios que devem ser conectados corretamente aos polos.

ELEMENTO ACUMULADOR: é o que garante à bateria a função de armazenamento. Dentro da caixa, existem placas de chumbo dispostas de forma alternada, entre positiva e negativa, que são mergulhadas em uma solução eletrolítica que reage com as placas, gerando uma corrente elétrica.

Uma bateria automotiva deve conter seis elementos, que quando ligados entre si, desempenham uma tensão de 12 volts. Esses elementos também contam com separadores, uma estrutura feita de plástico ou papel que são colocadas entre as placas para evitar que o contato gere um curto-circuito.

Esta é a estrutura-padrão de uma bateria automotiva nos dias de hoje. Em torno desta tecnologia, são desenvolvidos os mais variados modelos, cada um com as características específicas, sempre voltadas para determinado tipo de veículo, porém todos com a mesma lógica no funcionamento e uso.

CUIDADOS IMPORTANTES

Uma bateria automotiva é um item que ninguém dá atenção até a hora que ocorre um problema, mas é muito mais fácil e surge usá-la corretamente, evitando que situações inesperadas aconteçam. Para isso, basta seguir algumas boa práticas, simples de uso que certamente aumentará a vida útil da sua bateria:

Carro desligado, itens eletrônicos também!

Você já deve ter ligado o som com o carro parado, ou até mesmo esquecido aquele farol ligado quando estacionou em algum lugar. De fato, esses itens funcionam com o motor desligado, porém, isso não significa que devem ser usados desta forma.

Quando você precisa da energia da bateria com o motor desligado, ele consumirá a reserva armazenada e não estará fazendo o processo de recarga, uma vez que o alternador só está funcionando quando o motor está funcionando. Por isso, se não quiser ficar na mão quando virar a chave na ignição, evite usar itens que exigem energia da bateria quando o motor estiver desligado. 

Cuidado com carro parado por muito tempo!

Esse é um cuidado para os motoristas de passeio, aqueles que pegam o carro de vez em quando. Fiquem atentos, pois vocês podem acabar se surpreendendo ao não conseguir ligar o motor do carro, após um longo período com ele parado.

Isso acontece porque, mesmo parado, o carro continua consumindo pequenas quantidades de energia. Logo, se você deixar o motor desligado por muito tempo, o alternador não vai recarregar a bateria e a energia pode ser consumida por completo, podendo nem mesmo acionar o motor de partida quando você precisar.

O indicado é ligar o carro pelo menos uma vez por semana, mantendo o motor em funcionamento por no mínimo: 10 minutos – esse período já é suficiente para fazer o alternador recarregar a bateria e mantê-la pronta para funcionar por mais tempo.

Desligue os itens elétricos antes de desligar o motor!

Na pressa de chegar logo, é muito comum simplesmente para o carro, desligar o motor e sair. Isso pode parecer normal, mas pode diminuir a vida útil da bateria.

O fato aqui, é que se você desligar o motor sem desligar os itens eletrônicos, os itens entram em standby, e ficam no aguardo do acionamento do motor. Esta prática pode causar sobrecarga na bateria, uma vez que ela terá, ao mesmo tempo, que oferecer energia para acionar o motor de partida e ligar todos os itens de uma só vez.

Por isso, lembre-se: ao parar o carro, desligue tudo antes de desligar o motor, a sua bateria agradece!

MANUTENÇÃO

No início do guia, já informamos que as baterias seladas não precisam mais de adição periódica de água desmineralizada como manutenção. Essa tecnologia trouxe muita praticidade, mas não significa que podemos esquecê-la confiando que tá “tá tudo bem”, só pelo fato de estar funcionando.

Mesmo as baterias mais modernas, elas podem sofrer de acordo com as condições de uso e como são expostas, podendo apresentar oxidação devido à presença de cobre ou latão em sua composição. Esse tipo de reação é muito comum, mas, em alguns casos, a oxidação pode se agravar e gerar um resíduo esverdeado chamado “zinabre”, que se acumula nos terminais da bateria, prejudicando o funcionamento.

Esse grau de oxidação bastante problemático é até conhecido como “câncer de carro”, isso porque o zinabre vai se alastrando pelo sistema elétrico, podendo chegar às partes internas do veículo. 

Apesar de ser bastante perigosa, essa reação acontece lentamente e pode ser interrompida com processos muito simples de limpeza. Caso você encontre esse tipo de resíduo na sua bateria, siga estas instruções:

  1. Desligue o veículo e desconecte os terminais da bateria do sistema elétrico do carro. 
  2. Desparafuse e retire primeiro a braçadeira do polo negativo, depois faça o mesmo no polo positivo (é muito importante seguir essa ordem).
  3. Prepare uma solução com 1 colher de sopa de bicarbonato de sódio em 200 ml de água.
  4. Use escova ou pano para esfregar bem a solução na região afetada pelo zinabre. Seja cuidadoso para não deixar a solução cair em outras partes do motor. 
  5. Depois que todo o zinabre for removido, use pano úmido para enxaguar e pano seco para secar os terminais. 
  6. Para evitar futuras corrosões, é recomendado passar um pouco de graxa ou vaselina nos polos limpos.
  7. Conecte os terminais às respectivas braçadeiras na ordem inversa que foram desconectados, cubra-os com a proteção plástica e pronto!

Lembrando que esse procedimento é apenas usado em casos críticos de oxidação. Para evitar chegar a esse ponto, lembre-se sempre de dar uma olhadinha na sua bateria e, se preferir, leve o carro periodicamente a um eletricista para verificar se o sistema elétrico está em ordem. 

PRECISEI RECARREGAR, E AGORA?

Recarregar a bateria automotiva, não é nada incomum. Nessa hora, o desespero pode bater por nem sempre saber como agir e, muitas vezes, não tem o equipamento necessário para a situação.

Antes de qualquer coisa, é bom lembrar que recarregar a bateria automotiva não é recomendável, pois essa medida pode danificar o equipamento e só deve acontecer em casos de extrema necessidade. Mas, se você acabar numa situação dessas, é bom estar informado para realizar corretamente o procedimento de carregamento, ou como é popularmente conhecido, “chupeta”.

Para iniciar, é importante ter em mãos um bom cabo de transferência de carga. Caso não tenha, providencie um imediatamente e mantenha-o em seu carro para situações emergenciais. Em seguida, encontre uma fonte de energia que possa passar uma quantidade de carga para a sua bateria – normalmente, essa fonte é um outro veículo que esteja com a bateria em perfeito funcionamento.

Agora que você tem uma fonte de energia e um cabo para transferi-la, comece o procedimento da seguinte forma:

  1. Desligue completamente os dois carros. 
  2. Identifique os polos negativos e positivos de cada bateria para conectar o cabo de transferência corretamente.  
  3. Faça a conexão primeiramente dos cabos vermelhos nos polos positivos, começando pela bateria descarregada e, em seguida, para a carregada. 
  4. Conecte agora os cabos pretos nos polos negativos, começando também pela bateria descarregada para depois conectar a bateria carregada.
  5. Certifique-se de que os prendedores estão firmes em cada terminal e, só então, ligue o motor do carro carregado, acelerando-o por 10 minutos a uma rotação de, pelo menos, 1.500 rpm.
  6. Passando esse tempo, dê a partida no carro que estava descarregado e faça o motor funcionar por mais uns 20 minutos.

Caso o carro não ligue na primeira tentativa, repita o mesmo procedimento por, no máximo, 5 vezes. Se ainda assim você não conseguir fazer o carro ligar, não tente mais. Nesse caso, a única solução é a substituição da bateria.

QUAL BATERIA COMPRAR PARA O MEU VEÍCULO?

Tomar todos os cuidados com a bateria do seu carro, é a garantia de que você terá ela sempre funcionando, mas é certo que um dia a vida útil dela irá acabar e você terá que trocá-la. Nessa hora, é importante saber como escolher para não acabar comprando uma bateria incompatível com seu carro.

Mas, calma, essa escolha pode ser bem simples se você seguir estes dois passos.

Saiba a amperagem do seu veículo!

Cada bateria possui determinada amperagem, isto é, a capacidade de armazenamento medida por amperes/hora. Carros diferentes exigem quantidade de energia diferente, por isso, o primeiro passo na hora de comprar uma bateria automotiva é saber se ela tem a quantidade de energia que seu carro vai pedir, se não, é bem capaz que você fique na mão.

Para saber essa informação, é muito simples, o próprio manual do carro leva a indicação da amperagem da montadora. Essa informação está no próprio manual do carro. Amperagens um pouco maiores ou menores do que a indicada no manual também funcionam, mas é bom não arriscar, o fabricante fez muitos testes para chegar ao modelo de bateria ideal para aquele veículo, seguir a sua indicação é a decisão mais segura para acertar na escolha da sua bateria automotiva. 

Escolha por marcas confiáveis

O mercado de baterias automotivas é vasto, mas escolher uma bateria tradicional é sempre a melhor opção. A LIDER Baterias está no mercado há mais de 20 anos, com tecnologia e qualidade. Com a produção 100% própria e nacional, a LIDER atende todos os veículos com amperagens diversas.

DESCARTE DE UMA BATERIA AUTOMOTIVA

Por se tratar de um lixo químico, as baterias podem ser extremamente nocivas ao meio ambiente. A LIDER Baterias possui a obrigação de se responsabilizar pelo descarte correto, por isso, contamos com o processo de coleta de todas as baterias antigas e usadas nos pontos de revenda e unidades da LIDER.

Encontre uma unidade da LIDER Baterias mais próxima de você e encontre a sua bateria automotiva.

Revisão do carro: quando fazer?

Muitos sonham em ter seu próprio carro e até mesmo quem possui um veículo, desconhecem que todo cuidado é de extrema importância. A manutenção e revisão são cuidados que precisam de atenção constantemente, afinal, são elas que mantêm a garantia de fábrica, e, para que isso seja possível, é necessário que o dono esteja sempre em dia com as manutenções preventivas.

Caso o veículo tenha saído da garantia, a revisão preventiva continua sendo a melhor opção, já que tem um custo mais baixo do que o conserto do problema final.  Mas afinal, quando e onde deve ser feita essa revisão?

No Manual do veículo você encontrará a data de revisão das peças e sistemas do automóvel, além destes, deve-se levar em consideração a quilometragem já percorrida (o período de revisão está próximo quando o carro atinge a marca de 10 mil quilômetros rodados).

O serviço de revisão pode ser encontrado tanto na concessionária em que o veículo foi comprado (caso ainda esteja na garantia) ou em oficinas mecânicas, o importante é que o procedimento seja feito dentro do período correto. Vale ressaltar que ao realizar a revisão/manutenção preventiva o motorista zela tanto pela sua segurança quanto a dos demais passageiros!

Lider a favor da igualdade e do antirracismo

Em meio ao momento que estamos vivendo de pandemia, com preocupações e incertezas, infelizmente ainda vemos situações abomináveis e trágicas de racismo, como as que aconteceram nas últimas semanas que mobilizou o mundo todo.

É muito triste, ver que a morte do adolescente João Pedro e do George Floyd, não são situações aleatórias, é resultado de décadas e décadas de desigualdade estrutural e injustiças raciais que ainda permanecem nos dias atuais.

A morte de George Floyd nos Estados Unidos causou uma mobilização tão grande, que pessoas de diversos países saíram às ruas para protestar contra o racismo, a desigualdade e a violência, apoiando o movimento negro.

Manifestações que são necessárias, pois mostra que a morte dele e de tantos outros que passam por preconceitos diariamente é mais uma prova de que devemos almejar muito mais do que um futuro normal e sim, construir um que atenda aos princípios de igualdade e justiça, com mais respeito e amor.


A Lider repudia qualquer preconceito e acredita que juntos superamos qualquer obstáculo!

A Lider sempre ao seu alcance

Se você está à procura de uma bateria com qualidade, durabilidade e garantia, a Lider é a escolha certa para você!

Há mais de 20 anos no mercado de baterias, a empresa busca entregar excelência aos seus clientes. Todas as baterias possuem o selo Inmetro e conta com uma equipe de profissionais especializados, garantindo um produto de alta qualidade e a comodidade de um ótimo atendimento próximo do cliente. 

Prezando pela praticidade, a Lider conta com 6 mil pontos de vendas no Estado de São Paulo e unidades de centro de distribuição situadas em Sorocaba, São José dos Campos, Bauru, Osasco, Jundiaí, Litoral Sul e Litoral Norte, todas atendendo a um raio de 200 km. 

Nas unidades, além da venda das baterias, também possuem assistência técnica e um time capacitado para auxiliar nas dúvidas e necessidades, com um atendimento ágil e eficiente. 

Verifique qual a loja mais próxima de você e garanta a energia da inovação, segurança e potência das baterias!

Seria possível salvar 5 milhões de vidas no trânsito até 2020?

Esse é o desafio e objetivo do movimento chamado Maio Amarelo.

O Brasil registra, em média, 47 mil mortes no trânsito todos os anos, isso sem contar os 400 mil feridos.

São famílias desintegradas, muitas vezes, pela imprudência ao volante. Seja mexer no celular, dirigir embriagado, dormir durante a direção ou uma simples distração – qualquer movimento de descuido é o suficiente para causar um dano sem precedências.

A gente sabe que você é líder no trânsito e, por isso, está atendo em cada movimento e contamos com a sua ajuda para fortalecer o movimento!

A Baterias Lider apoia o Maio Amarelo e deseja que cada viagem termine somente no desembarque de todos os passageiros. Vamos juntos nessa causa?

Fique pronto para comemorar

As festas de fim de ano estão chegando e para passar este momento sem imprevistos é preciso se programar. Há aqueles que moram longe de sua família e, em dezembro, voltam para a sua cidade de origem.

Esse retorno é um movimento para rever aqueles que são importantes na sua vida, de se atualizar sobre as histórias e de conhecer novos componentes do grupo. A nostalgia e a saudade são intensificadas ao relembrar do passado e o que o levou a se distanciar dele.

Para que sua viagem seja boa e segura, cuide de todos os itens de segurança do seu carro e não se esqueça de verificar a energia da sua bateria Lider.

E não vá se esquecer, para nossos clientes, a revisão da bateria e da parte elétrica do motor é gratuita em qualquer unidade Lider.

Que neste Natal você possa compartilhar as novas experiências, se reaproximar e se sentir reintegrado aos seus familiares e amigos.
Que sua ceia seja abençoada e cheia de energia!

Para ter energia é preciso ter a saúde em dia!

Escolhido como o dia oficial de conscientização sobre o câncer de próstata, 17 de novembro, é o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Próstata. Sinalizado pela cor azul, diversas instituições e empresas, assim como a Baterias Lider, apoiam o combate à doença que acomete centenas de homens em todo o mundo durante todo o mês. Embora o número de casos ainda seja alarmante, a cada dia homens de todas as partes do planeta vencem o preconceito e enfrentam o exame preventivo, que garante distância desta enfermidade. Deixe de lado qualquer tipo de conversa e cuide-se: sua saúde está acima de qualquer coisa!

A Baterias Lider deseja uma vida plena de saúde e iniciativa para todos os homens.