Geladeira portátil, vale a pena ter esse gadget em seu carro

Quando a viagem é longa, logo vem a dúvida: se der sede ou fome no caminho? A água que sempre levamos, fica quente e quase não dá pra encarar, não é mesmo? Então, pensando nisso, a LIDER trouxe para você uma dica para encarar essas situações!
O gadget que está se tornando cada vez mais popular no Brasil, entrou no mercado de opcionais das marcas há pouco tempo e além de te ajudar a resfriar a bebida, ele também está preparado para te auxiliar com a alimentação, preservando a comida, evitando que estrague.

Como funciona a geladeira portátil?
As pequenas geladeiras, são práticas. Ela consegue ser fixada entre os bancos do motorista e passageiro, ou então, no banco de trás dependendo do caso/modelo. Muitos modelos são ligados no 12v do acendedor do cigarro – disponíveis em todos os veículos. Outra opção, é alimentar o gadget em fontes diretas de 227v (lembre-se de sempre converter para 12v).
Na maioria das vezes, as pequenas geladeiras vêm em versões de 9 litros, onde é possível resfriar uma garrafa de 1 litro e pelo menos quatro garrafas de 600ml, sem contar o espaço para deixar sanduíches e frutas.
Já para mandar a geladeira do carro sempre resfriada, o veículo deve estar ligado, lembrando que ela precisa de um tempo razoável para começar a resfriar, e mais um período para que os itens dentro dela comecem a gelar efetivamente. Se o carro for desligado muitas vezes ou passar um tempo parado, a dica é seguir com a alimentação de fonte direta, aumentando sua eficiência.
Outo detalhe importante: opte sempre por uma marca de qualidade no momento da compra do gadget. Leia todo o manual e as especificações do produto, afinal, apenas assim você consegue se precaver e garante uma via útil mais longa.

Poupe o combustível e seu bolso!

Como anda o seu relacionamento com o abastecimento do seu carro? Você se planeja, fica atento aos valores, porém, o sobe e desce nos preços deixa você sem saber como reagir? Fique calmo. A  Baterias LIDER vai te ajudar a melhorar o desempenho do seu carro e ainda fazer o combustível render mais. Duvida? Dá só uma olhadinha nestas dicas:

  1. Não seja pé de chumbo. Quanto maior for a velocidade, mais o seu carro vai consumir combustível. Por isso, modere na velocidade e siga o que está indicado na via;
  2. Acredite, o “ponto morto” não te ajuda. O “ponto morto” pode acabar consumindo mais combustível nas decidas, por isso, sempre deixe o seu carro engrenado, mas, não precisa acelerar;
  3. Precisou trocar de marcha? TROQUE. Nada de dar aquela esticadinha e forçar o seu carro, entre uma troca e outra;
  4. Fique sempre atento à manutenção, principalmente do óleo e filtro do ar – estes são os grandes causadores do consumo de combustível desnecessário;
  5. O ar condicionado é um vilão! Ele aumenta, e muito, o seu consumo do combustível. Caso seja necessário ligar, verifique se todos os seus vidros estão bem fechados, para que o ar frio não saia e o motor precise trabalhar mais que o necessário;
  6. Posto só de confiança! Cada um tem aquele posto especial, onde você sabe que por mais caro que esteja, o combustível é de qualidade e não vai afetar o seu carro. Por isso, desconfie sempre de preços muitos baixos.

Gostou das dicas? Então deixe tudo anotado para nunca mais esquecer e reduzir o consumo do seu combustível. Depois conte para nós se deu para aliviar o seu bolso!

 

Preciso de um bagageiro extra, e agora?

Está precisando de mais espaço no seu veículo e não sabe o que fazer? Entenda como funciona o uso do bagageiro extra e encontre a melhor maneira de transportar sua carga com segurança e de acordo com as leis de trânsito.

A primeira coisa você deve se atentar é a carga máxima. A carga máxima é estipulada pelo fabricante do bagageiro externo e pelo fabricante do veículo – apresentando o limite de carga que pode ser colocado na parte superior do veículo. Ou seja, a carga máxima é a soma do peso do bagageiro com a carga adicional.

Em grande parte dos bagageiros externos, o peso varia de 50 a 70 quilos, mas, se atente à lei que estipula a altura máxima – que não pode exceder de 50 cm. A exceção se dá para as bicicletas, devido uma legislação específica, existindo diferença entre peso e tamanho apenas nesta ressalva. Lembramos que as leis de transporte de carga também se aplicam às picapes.

Todos os itens colocados no compartimento extra devem estar bem embalados e colocados com segurança – evitando assim que os itens guardados se fragmentem ou caiam durante o caminho.

Lembre-se sempre de nunca exceder a largura total da picape. Mas se você precisar transportar algo maior, fique atento em não fazer caminhos longos com limite excedido e utilize um sinalizador traseiro – uma bandeira vermelha ou qualquer outro elemento chamativo, para evitar acidentes. O sinalizador deve estar visível ao motorista que vai atrás, assim como as lanternas do automóvel.

A aerodinâmica do veículo é alterada?

Sim. O bagageiro de teto faz com que o veículo sofra uma mudança na aerodinâmica, podendo ser sentido durante a dirigibilidade do carro e aumentando significativamente o consumo do combustível. Em tempos chuvosos, o veículo apresenta um comportamento diferenciado – por isso, dirija sempre com muita cautela.

Agora que você já sabe como funciona o uso do bagageiro extra, se organize e leve sempre o que precisar com você!

O inverno chegou!

O tempo está cada vez mais incerto e muda muito rapidamente: uma hora esquenta, daqui a pouco esfria de novo. Você deve estar preparado e tomar alguns cuidados com o seu carro para que ele tenha um bom funcionamento. Afinal de contas, durante o inverno alguns componentes do seu veículo sofrem mais por conta dessa variação de temperatura.

Dá uma olhada quais são os itens que mais precisam de energia para o funcionamento e de maior cuidado e atenção nos dias mais frios e chuvosos:

– Bateria e alternador: faça sempre o teste para ver se está funcionando corretamente. O teste é bem rápido e pode ser feito nas oficinas ou casas de baterias, mas sempre por um profissional.

– Verifique se está tudo desligado – Esse é um dos primeiros cuidados que você deve ter antes de dar partida no seu carro: certifique-se de que todos os componentes elétricos estão devidamente desligados – o rádio e principalmente, o ar-condicionado. Isso evita que eles recebam uma corrente elétrica muito forte e acaba danificado.

– Seu veículo é flex? Sempre verifique a frequência do nível de combustível no reservatório de gasolina, pois é ela que vai ajudar a dar as partidas durante os dias mais frios!

– Se a luz está ficando mais fraca e do nada ela ‘volta ao normal’, isso na realidade não é nada ‘normal’, é um aviso que pode acontecer uma pane elétrica com o seu carro;

– Os pneus também são itens que precisam de atenção, verifique com frequência se estão calibrados para evitar acidentes – saiba tudo sobre eles aqui;

– As peças dos seus freios sempre devem estar em boas condições para garantir a segurança no caso de paradas bruscas, ainda mais em dias de chuva. E aproveitando que estamos falando de chuva, fique atento ao estado das palhetas, elas devem estar em boas condições, garantindo a boa visibilidade para o motorista.

– E não se esqueça de verificar frequentemente o estado das mangueiras de gás do ar-condicionado, afinal, o frio é só fora do seu carro!

Verificando sempre o funcionamento desses itens, você consegue prevenir qualquer problema que possa ocorrer durante as baixas temperaturas, mas nunca se esqueça de fazer as revisões periódicas, hein?